A presidente estadual do PSD, Eva Gouveia, comentou em entrevista ao programa Rádio Verdade da Arapuan FM, nesta terça-feira (03), que não há possibilidade de o partido pleitear uma vaga na majoritária após a desistência do Senador Raimundo Lira de disputar a reeleição, mas reafirmou o compromisso em apoiar a pré-candidatura de Lucélio Cartaxo (PV) e Micheline Rodrigues (PSDB) e negou problemas internos em relação ao vice-presidente estadual Manoel Ludgério.

De acordo com Eva, não há como reivindicar mais espaço na majoritária após a desistência de Lira: “Com a saída de Lira não tem como. Nenhuma possibilidade”, disse, acrescentando que o partido continua apoiando a pré-candidatura de Lucélio e Micheline.

A respeito de Manoel Ludgério, a presidente ratificou a informação dada pelo próprio deputado de que não há insatisfação em relação ao comando do partido. “Ele pode ficar a vontade para conversar com Kassab”, afirmou.

Pouco antes, o deputado rechaçou em nota, a pecha de ‘fura olho’ de Eva e explicou que vai à Brasília para cumprir agenda administrativa.

“Furar olho de Eva”

Com o falecimento do amigo Romulo Gouveia, assumi a Presidência do PSD Estadual.

Ao assumir, tomei a atitude de convocar eleição para renovação do Diretório, elegendo a Dep Eva, Presidente. Se eu tivesse a intenção de “furar olho” trair a memória de Romulo, não teria convocado eleição.

Quanto a tratar publicamente a pauta de pedido de espaço para o PSD dialogar sobre a composição das chapas, majoritária é proporcional, respondi a imprensa, o que me foi perguntado.

Quem convive mais de perto comigo, sabe que não sou de adotar a conduta da barganha, mas sim do diálogo respeitoso, assumindo compromissos e honrando. Tenho por Eva, muito respeito e compreendo o momento difícil que ela está passando.

PSD, seguirá com Lucelio e Micheline, no entanto, entendo que, ainda que a legenda não esteja na chapa majoritária, nos é devido o direito ao diálogo.

Abraço cordial
Manoel Ludgerio

OBS: ninguém está autorizado a falar em meu nome, tampouco irei a Brasília fazer queixas ao Presidente Kassab. Vou a Brasília, para uma agenda administrativa e vou me encontrar com Kassab, não para queixas, mas sim, para tratar de apoio aos nossos pré candidatos a ALPB E Câmara Federal.  

Fonte: paraiba.com.br

Edição:Thais Oliveira

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here