O deputado estadual Manoel Ludgério (PSD) rebateu nesta terça-feira (3) declarações da vereadora Raíssa Lacerda de que ele estaria indo a Brasília se queixar da forma como o partido vem tratando seus filiados na Paraíba. A queixa, segundo mensagem de Raíssa enviada à Rádio Arapuan, seria apresentada por Ludgério ao presidente do partido, Gilberto Kassab.

O PSD integra o leque de alianças, formado pelo PV e o PSDB, entre outros partidos, em torno da chapa encabeçada por Lucélio cartaxo, na disputa pelo governo do estado.

Manoel Ludgério rebateu as declarações de Raíssa, dizendo que não vai a Brasília fazer queixas ao presidente do partido, Gilberto Kassab. Ludigério disse também que ninguém está autorizado a falar em seu nome.

“Ninguém está autorizado a falar em meu nome, tampouco irei a Brasília fazer queixas ao presidente Kassab. Vou a Brasília para uma agenda administrativa e vou me encontrar com Kassab, não para queixas, mas sim, para tratar de apoio aos nossos pré-candidatos à Assembleia Legislativa da Paraíba e à Câmara Federal”, disse Ludgério.

Em nota, o parlamentar disse que com o falecimento de Rômulo Gouveia, ele, ao assumir a presidência do PSD estadual, convocou eleição para renovação do Diretório, que elegeu Eva Gouveia presidente.

“Se eu tivesse a intenção de “furar olho”, trair a memória de Rômulo, não teria convocado eleição”, frisou o deputado.

Quanto a tratar publicamente a pauta de pedido de espaço para o PSD dialogar sobre a composição das chapas, majoritária e proporcional, ele disse que respondeu a imprensa, o que lhe foi perguntado.

“Quem convive mais de perto comigo, sabe que não sou de adotar a conduta da barganha, mas sim do diálogo respeitoso, assumindo compromissos e honrando. Tenho por Eva, muito respeito e compreendo o momento difícil que ela está passando. O PSD seguirá com Lucélio e Micheline, no entanto, entendo que, ainda que a legenda não esteja na chapa majoritária, nos é devido o direito ao diálogo”, disse o deputado.

A presidente do PSD Eva Gouveia também negou insatisfação no partido e afirmou que o partido segue firme no apoio às pré-candidaturas de Lucélio e Michelline Rodrigues.

Veja nota de Ludgério:

“Furar olho de Eva”

Com o falecimento do amigo Romulo Gouveia, assumi a Presidência do PSD Estadual.

Ao assumir, tomei a atitude de convocar eleição para renovação do Diretório, elegendo a Dep Eva, Presidente. Se eu tivesse a intenção de “furar olho” trair a memória de Romulo, não teria convocado eleição.

Quanto a tratar publicamente a pauta de pedido de espaço para o Psd dialogar sobre a composição das chapas, majoritária é proporcional, respondi a imprensa, o que me foi perguntado.

Quem convive mais de perto comigo, sabe que não sou de adotar a conduta da barganha, mas sim do diálogo respeitoso, assumindo compromissos e honrando. Tenho por Eva, muito respeito e compreendo o momento difícil que ela está passando.

PSD, seguirá com Lucelio e Micheline, no entanto, entendo que, ainda que a legenda não esteja na chapa majoritária, nos é devido o direito ao diálogo.

Manoel Ludgerio

Fonte:ParlamentoPB

Edição:Thais Oliveira

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here